About the author
Sources
Fontes

[1] Meredith G.R., Rakow D.A., Eldermire E.R.B., Madsen C.G., Shelley S.P., Sachs N.A. (2020) Minimum time dose in nature to positively impact the mental health of college-aged students, and how to measure it: A scoping review. Frontiers in Psychology. https://doi.org/10.3389/fpsyg.2019.02942 [Fonte]

Back

Estresse vs ansiedade: qual é a diferença?

Estresse vs ansiedade

Muitas pessoas confundem o estresse com a ansiedade por causa da similaridade entre ambos. Porém, é importante saber as diferenças entre eles e como ambos podem afetar a saúde física e mental. Para descobrir tudo o que precisa saber, continue lendo.

O que é o estresse?

O estresse é um estado amplo que pode atrapalhar a saúde física e mental em um esforço para ajudar o corpo a reagir a situações difíceis. Quando nos sentimos sob pressão, nossos corpos respondem com uma reação inata de lutar ou fugir. Ao liberar neuroquímicos específicos e tirar o foco de sistemas não-essenciais, o corpo entra em um estado de prontidão, ajudando-nos a enfrentar situações desafiadoras.

Embora gatilhos específicos de estresse variem de pessoa a pessoa, essa reação embutida é natural para todos nós. O problema, porém, é que nossos corpos podem apenas manter essas mudanças por um certo período de tempo. Se o estresse persiste e se torna crônico, ele interrompe as funções que necessitamos para viver uma vida saudável e equilibrada.

O que é ansiedade?

Se você já se sentiu preocupado ou com medo do que está por vir - isso é ansiedade. É perfeitamente normal viver dessa forma, especialmente ao lidar com situações desconhecidas, como uma entrevista de emprego ou encontrar alguém pela primeira vez.

A ansiedade é a maneira do seu corpo avisar que algo está errado, mas isso não significa que você deveria evitar inteiramente situações que o deixam ansioso. Elas podem motivá-lo a trabalhar sua ansiedade e sair triunfante do problema. Porém, a ansiedade persistente (que dura geralmente mais de seis meses), ou sensações ansiosas por nenhuma razão aparente podem significar uma desordem ansiosa.

O que causa o estresse e a ansiedade?

Quando o assunto é estresse, os gatilhos podem ser diversos. Quando começa a trabalhar, lidar com cinco tarefas pode ser estressante, mas à medida que aprende a priorizar e fica mais confiante, o estresse diminui.

O mais importante de se lembrar é que todos lidamos com o estresse de maneira diferente. Não há um guia definitivo sobre quais eventos ou situações são estressantes, mas o importante é aprender sinais de estresse e como lidar com eles.

Quanto a ansiedade, é um pouco mais fácil para nós apontarmos situações que deixam as pessoas ansiosas porque o sentimento é prevalente. Situações cotidianas que podem nos fazer ansiosos incluem:

• Entrevistas de emprego
• Apresentações de trabalhos
• Conhecer os sogros
• Fazer um discurso
• Preocupações financeiras
• Preocupações com saúde

Embora pareça não haver fim para situações que nos deixam ansiosos, é uma sensação perfeitamente normal. Novamente, a chave é reconhecer o sentimento e ter uma estratégia para lidar com ele.

Como saber se estou lidando com estresse ou ansiedade?

Devido ao cruzamento dessas duas condições, é fácil ver porque pessoas sofrem para saber se estão enfrentando ansiedade ou estresse. E, embora não seja incomum experimentar um pouco de ambos, há uma diferença fundamental que separa as duas.

O estresse é essencialmente a reação do corpo a uma influência externa, enquanto a ansiedade é muito mais uma sensação interna. Por exemplo, se você está lidando com uma situação desafiadora, e os sintomas se dissipam após a situação se resolver, provavelmente é estresse. Se, porém, você remover a influência externa, mas ainda assim se sente preocupado, provavelmente está sentindo ansiedade.

Se tiver dúvidas, lembre-se que o estresse é tipicamente uma reação a algo, enquanto a ansiedade é um estado mental que pode persistir apesar de gatilhos aparentes. Assim que souber diferenciar ambos, fica muito mais fácil lidar com ambos.

Como o estresse e a ansiedade podem impactar sua saúde

Faz sentido começar com o impacto do estresse porque, como você verá, ele pode afetar virtualmente o corpo todo. Isso não quer dizer que todas as pessoas sintam os mesmos sintomas ao mesmo tempo. Pelo contrário, o impacto exato do estresse depende da genética, estilo de vida e condições de saúde. Porém, como um indicador geral, o estresse pode causar os seguintes problemas de saúde:

• Pressão sanguínea alta
• Baixo desejo sexual
• Problemas do sono
• Problemas no trato digestivo
• Depressão

Quanto à ansiedade, o impacto na saúde é mais sutil. A ansiedade generalizada tende a nos deixar preocupados ou perturbados, o que, por sua vez, pode levar ao seguinte:

• Problemas estomacais
• Dificuldade para concentrar
• Cansaço
• Boca seca
• Dores generalizadas

Porém, muitos dos sintomas podem piorar se a ansiedade se manifesta como uma de várias desordens ansiosas. Não listaremos os possíveis impactos à saúde de cada uma, mas não é incomum relatos de problemas mentais e físicos.

Como aliviar o estresse e ansiedade

Mesmo com o amplo impacto do estresse e ansiedade, a boa notícia é que muitas estratégias para alívio do estresse funcionam para ambos. E, como a ansiedade é frequentemente um sintoma do estresse, faz sentido começar pela fonte, reduzindo níveis de estresse gerais.

A estratégia ideal dependerá das suas necessidades particulares e estilo de vida, mas para começar, tente o seguinte:

• Meditação: A beleza da meditação é que ela funciona independente de sua agenda. Mesmo se tiver apenas dez minutos antes do trabalho, isso pode ser o suficiente para acalmar seus pensamentos e focar no aqui e agora.

• Caminhadas: Pode soar simples, mas a caminhada é uma das melhores atividades para sua rotina contra o estresse. E se você tiver a sorte de viver no campo, uma curta caminhada pode ser ainda mais benéfica, de acordo com pesquisas[1].

• Exercícios de respiração: Trabalhando junto com a meditação, exercícios de respiração são ótimos para reduzir a ansiedade. Foque na respiração pelo nariz e em encher sua barriga com ar. Segure por um segundo antes de exalar pelo nariz.

• Suplementos: A dieta e nutrição podem influenciar significantemente a forma como nosso corpo lida com o impacto físico do estresse e ansiedade. Multivitamínicos são uma escolha excelente para indivíduos ocupados, assim como suplementos naturais como lavanda, camomila e CBD.

Junto com as estratégias de bem-estar listadas acima, o CBD pode ajudar seu corpo a restaurar o equilíbrio natural. Um estado equilibrado pode ajudá-lo a se sentir e parecer bem, e quando seus sistemas biológicos estão funcionando em harmonia, a mente e corpo estão melhores equipados para lidar com o impacto do estresse e ansiedade.

Você está considerando o impacto na saúde e bem-estar do CBD de alta qualidade? Por que não visitar a loja Cibdol para uma seleção completa de óleos, cápsulas, cremes e mais? Ou, se ainda tem dúvidas sobre estresse, ansiedade e desordens ansiosas, visite nossa Enciclopédia CBD para saber mais.

Author
Luke Sholl

Title/author.

Luke Sholl
Com mais de uma década de experiência escrevendo sobre CBD e canabinoides, Luke é um jornalista consagrado e escritor-chefe para a Cibdol e outras publicações sobre canabinoides. Comprometido com os fatos, sua fascinação pelo CBD também engloba fitness, nutrição e prevenção de doenças.
Luke Sholl

Title/author.

Luke Sholl
Com mais de uma década de experiência escrevendo sobre CBD e canabinoides, Luke é um jornalista consagrado e escritor-chefe para a Cibdol e outras publicações sobre canabinoides. Comprometido com os fatos, sua fascinação pelo CBD também engloba fitness, nutrição e prevenção de doenças.
Fontes

[1] Meredith G.R., Rakow D.A., Eldermire E.R.B., Madsen C.G., Shelley S.P., Sachs N.A. (2020) Minimum time dose in nature to positively impact the mental health of college-aged students, and how to measure it: A scoping review. Frontiers in Psychology. https://doi.org/10.3389/fpsyg.2019.02942 [Fonte]

De que produto eu preciso?
As Seen On: