Published:

Updated:

Gestão do stresse: formas de aliviar e de reduzir o stresse

Gestão do stresse

Embora benéfico a curto-prazo, o stresse é uma reação natural que pode provocar o caos no nosso bem-estar físico e metal a longo-prazo. Continue a ler para aconselhamento sobre como reduzir o stresse e para ver como o CBD pode influenciar a gestão do stresse.

Porque é importante gerir o stresse

É fundamental gerir o impacto fisiológico do stress, principalmente porque nunca conseguimos eliminar o stresse por inteiro. Quer seja no trabalho ou em casa, as situações stressantes surgem diariamente e, infelizmente, a evitação não fará com que se dissipem. Ao invés, a melhor abordagem ao stresse é aprender a viver com ele e a manter os níveis geríveis.

Aprender a lidar com o stresse a praticar técnicas de gestão do stresse pode ajudá-lo a assumir o controlo e a ser mais produtivo. Não só sentir-se-á mais feliz, mas o seu corpo também lhe irá agradecer. Embora o stresse seja um sentimento incrivelmente pessoa, um facto permanece igual, esteja onde estiver — o stresse crónico tem um impacto sobre a saúde mental e física.

O impacto do stresse na sua saúde

O problema com o stresse é que este não está limitado a sintomas pequenos ou insignificantes. Ao invés, o stresse crónico pode afetar praticamente todos os processos no corpo, perturbando gravemente a sua qualidade de vida. A lista é extensa, mas os sintomas comuns do stresse incluem:

• Maior risco de depressão
• Libido diminuída
• Dores de cabeça
• Cansaço
• Sistema imunitário enfraquecido
• Frequências cardíaca e respiração mais aceleradas
• Dificuldade em concentrar-se
• E muito mais!

Embora o mero volume de sintomas aparentes seja assustador, e por vezes impossíveis de aguentar, há dezenas de ações positivas que pode tomar.

Como gerir o stresse

O estilo de vida desempenha um papel crucial na gestão do stresse, mas frequentemente esquecemos de dar tempo ao nosso corpo para processar e compreender porque é que estamos stressados. Como é óbvio, nem todas as sociedades vivem-no desta forma. De facto, os cientistas descobriram que as pessoas que vivem naquelas que designam como "zonas azuis" exibiram níveis de stresse muito mais baixos e conseguiam gerir situações stressantes muito mais facilmente do que em outras partes do mundo.

A abordagem da zona azul ao stresse

Os investigadores descobriram rapidamente que as pessoas menos afetadas pelo stresse são fiéis a quatro princípios fundamentais: movem-se naturalmente, têm uma perspetiva positiva, comem sensatamente e conectam-se. Os três primeiros princípios provavelmente parecem ser óbvios. A maioria das pessoas sabe que o exercício, uma abordagem positiva à vida e uma dieta nutritiva são algumas das melhores formas de lidar com o stresse. Mas é o último princípio, conectar-se, que faz parte da base da gestão eficaz do stresse.

Conectar-se tem tudo a ver com falar com amigos e família e sentir-se próximo dos outros. A interação social é uma ferramenta potente — e fácil de esquecer num mundo dominado pela comunicação digital. Apesar de todos os avanços tecnológicos que já realizámos, nada bate conversar cara a cara com alguém que conhecemos e confiamos!

Se viver uma vida mais longa e mais realizadora lhe parece apelativo, temos boas notícias — não tem de viver numa zona azul para colher os benefícios da gestão do stresse. A chave, contudo, é encontrar o equilíbrio entre as técnicas a curto e longo-prazo para determinar o que funciona melhor para si.

Gestão do stresse a curto-prazo

Nenhum dos métodos a curto-prazo listados abaixo demora mais do que alguns minutos, e pode praticá-los onde quiser.

Meditação

Para ajudar a reduzir o stresse numa questão de minutos, a meditação é uma técnica poderosa. Há um par de diferentes abordagens que pode assumir, mas por questões de simplicidade, experimente respirar lenta e profundamente enquanto se concentra no momento. Feche os seus olhos e tente distinguir os diferentes aromas e sons que o rodeiam. Meditar durante alguns minutos por dia pode ajudá-lo a concentrar-se nos seus pensamentos e a melhorar a concentração.

Respiração controlada

A respiração lenta e controlada anda de mão dada com a meditação, mas também pode praticá-la isoladamente. A maior frequência cardíaca e respiração acelerada são sintomas comuns do stresse, por conseguinte, é crucial restaurar um ritmo natural. Inale profundamente através do seu nariz e concentre-se em encher a sua barriga. Sustenha essa respiração durante um segundo antes de exalar pela sua boca. Repita este processo durante vários minutos para ajudar a reduzir o stresse e a tensão.

Dê uma caminhada

Por vezes, a abordagem mais direta à gestão do stresse também é a mais eficaz. De facto, dar uma caminhada (preferencialmente na natureza) foi cientificamente comprovado que baixa os níveis do stresse. Por conseguinte, da próxima vez que sentir os níveis de stresse a subir, experimente afastar-se da situação e desfrutar das vistas e dos sons enquanto caminha. Não tem de caminhar até muito longe, apenas o suficiente para permitir que a sua mente assente as ideias.

Stress management meditation

Gestão do stresse a longo-prazo

Embora, inicialmente, a gestão do stresse a longo-prazo possa parecer desafiadora de implementar, formar um hábito benéfico não só é mental recompensador como também é uma forma excelente de reduzir o stresse.

Experimente um novo passatempo ou desporto

O benefício de experimentar uma nova atividade (ou inclusive de regressar a um passatempo antigo) é duplo. Em primeiro lugar, há a excitação de fazer algo novo, além das hormonas de bem-estar que experiencia como resultado.

Em segundo lugar, há os benefícios da atividade física. O exercício aeróbico, em particular, melhora a saúde cardiovascular, baixa a pressão arterial, regula o açúcar no sangue e ajuda-o a dormir melhor à noite. Que melhor forma de lidar com o stresse do que fortalecer o corpo contra os seus sintomas físicos, enquanto também se diverte!

Faça uma dieta equilibrada

Os alimentos açucarados fazem-nos sentir bem a curto-prazo, mas estes podem exacerbar os sintomas do stresse. Ao invés, tente concentrar-se em fazer uma dieta equilibrada enquanto permite a inclusão do mimo doce ocasional. Uma mistura de alimentos saudáveis como o abacate, os ovos, legumes e nozes dará ao seu corpo os nutrientes e vitaminas de que este precisa para ter um bom desempenho.

Mantenha um diário de gratidão

Frequentemente, o stresse deixa-nos a sentir-nos como se nada de bom alguma vez acontecesse na vida, quando na realidade há influências positivas para onde quer que olhemos. Um diário de gratidão ajuda-nos a concentrarmo-nos naquilo em que nos sentimos gratos e nos pequenos gestos de ternura. Pratique colocar entradas no diário todos os dias, ainda que seja para recordar um único momento de gratidão.

Será que o óleo CBD pode ajudar com a gestão do stresse?

Falámos sobre a gestão do stresse, incluindo as várias técnicas a curto e longo-prazo, mas onde é que entra exatamente o CBD na equação? Bem, essa é a beleza do CBD — este pode enquadrar-se em praticamente qualquer lugar que queira.

Influência equilibradora do CBD

O papel do CBD na gestão do stresse é multifacetada. A influência única do composto na nossa mente e corpo torna-o incrivelmente versátil. Além disso, também temos a influência do CBD no humor, ajudando-nos a sentirmo-nos mais aliviados, já para não mencionar o seu potencial em modular o nosso sistema imunitário. Os investigadores acreditam inclusive que o canabinoide pode encorajar um ciclo sono–despertar saudável, tornando-o ideal para estilos de vida ocupados.

Quer seja a meditação, comer uma dieta variada ou manter uma gratidão diária, todos estes elementos da redução do stresse dependem do equilíbrio; um equilíbrio entre os alimentos saudáveis e indulgentes, um equilíbrio entre os aspetos positivos e negativos da vida e um equilíbrio entre comunicar com as pessoas online e em pessoa.

Esse valor fundamental do equilíbrio também é a força motriz por detrás do CBD. Este não sobrecarrega os recetores ou os sistemas. Ao invés, este trabalha em conjunto com o sistema endocanabinoide (SEC) para restaurar a homeostase — um estado no qual nos sentimos mais à vontade e prontos para lidar com os desafios da vida moderna.

Porque não explora a loja Cibdol para ver por si como é que o CBD pode apoiar uma rotina de gestão do stresse? Ou, para saber mais sobre o impacto do óleo CBD, as implicações a longo-prazo do stresse e o estilo de vida da zona azul, visite a nossa Enciclopédia CBD.

De que produto eu preciso?
As Seen On: