COMPRE 3, PAGUE 2 em todos os nossos produtos! Até 33% de desconto, use o código voucher CIBDOL3

Sono

4.6/5.0
Avaliado por 203 utilizadores.
Preços a partir de € 25,00

A importância do sono

A importância do sono

Seja qual for o seu estilo de vida, passatempos ou interesses, há um processo crucial que nos une a todos — o sono. Desde o dia em que nascemos, o sono é fundamental para o processo de recuperação do nosso corpo. Não se trata apenas da recuperação física — o sono dá tempo ao cérebro para processar eventos, emoções e inclusive para reparar os neurónios.

Além disso, não interessa a idade (ou sensatez) que temos — a necessidade do nosso corpo dormir é uma constante. No entanto, o maior problema, à medida que envelhecemos, é o número crescente de obstáculos entre nós e uma boa noite de sono. Embora possa parecer tentador saltar algumas horas de sono por dia para as conceder ao trabalho ou às atividades sociais, este pode levar rapidamente a implicações de saúde profundas. É essencial proporcionar a si mesmo algum tempo de descanso, e o primeiro passo é estabelecer quanto sono precisa.

De quantas horas de sono precisamos realmente?

Saber que todos precisamos de dormir são favas contadas, mas de quanto tempo de sono precisamos para termos a recuperação ideal? Esta é a pergunta do jackpot, a qual, infelizmente, depende inteiramente de cada um.

Em circunstâncias gerais, a duração recomendada para o sono é a seguinte:

• Pré-escola (3–5 anos): 10–13 horas
• Idade escolar (6–12 anos): 9–12 horas
• Adolescente (13–18 anos) 8–10 horas
• Adulto (+18): 7–9 horas

É importante evidenciar que estas são meramente recomendações e que a duração ideal do sono flutua consoante condições de saúde pré-existentes, estilo de vida, entre outros fatores.

Também devemos evidenciar sucintamente que não consegue ludibriar o sistema e obter horas extra de sono num dia e menos no outro. A melhor abordagem é um padrão de sono consistente. Porém, se gosta de manter-se acordado até tarde aos fins de semana, isto não irá prejudicar em demasia o seu bem-estar — a vida tem tudo a ver com equilíbrio, afinal de contas!

Quais são as causas do sono de má qualidade ou das insónias?

Em princípio, adormecer deve ser algo fácil — deita o seu corpo para descansar quando está cansado, viaja até à terra dos sonhos, e acorda quando estiver pronto para recomeçar. A realidade, contudo, pode ser dramaticamente diferente.

Lembra-se daqueles obstáculos entre si e o sono tranquilo que mencionámos anteriormente? Todos os seguintes têm o potencial de impactar a inquietação e a sua capacidade de adormecer facilmente:

Alimentos (excesso de gordura e de açúcar)

Cafeína

Stresse

 

Aparelhos elétricos (em particular a luz azul dos telemóveis e das televisões)

Perturbações sonoras

Horário de trabalho irregular

Não é invulgar ser perturbado (ocasionalmente) por uma destas causas supracitadas. Contudo, caso não lide com estes percursores para o sono de má qualidade e deparar-se continuamente com dificuldades em adormecer, ou ainda se sinta cansado quando acorda, isto pode levar a insónias.

O que são as insónias?

A insónia é um termo utilizado para descrever a dificuldade regular de dormir e em adormecer. Os sintomas incluem:

• Ficar acordado à noite
• Ainda sentir-se cansado depois de acordar
• Ter dificuldades em adormecer (mesmo quando está cansado)
• Acordar várias vezes durante a noite

Embora a maioria de nós provavelmente tenha vivenciado alguns dos problemas listados supra, alguém com insónia senti-los-á regularmente, com os sintomas a durarem frequentemente meses ou anos. Na maioria dos casos, a insónia é remediada com pequenas alterações nos hábitos diários, mas deve procurar sempre aconselhamento do seu médico de família para os casos mais extremos ou prolongados.

Quais são as consequências da privação de sono?

Infelizmente, numa sociedade 24/7, frequentemente quase parece impossível desligar durante a noite. Contudo, embora muitos possam desvalorizar a falta de sono, as implicações de não dormir o suficiente são bastante graves.

Uma escassez consistente e prolongada de um sono tranquilo podem levar ao seguinte:

• Problemas cardiovasculares
• Diabetes
• Obesidade
• Depressão
• Fraca motivação
• Baixa concentração

O pior de tudo, estes resultados são meramente um resquício. Combine uma escassez de sono com um estilo de vida sedentário, uma dieta rica em gordura, ou fumar, e pode encurtar dramaticamente a sua expetativa de vida. Uma avaliação de 2018 sobre o sono e a sua importância identificou que dormir menos de seis horas por noite "apresentou um risco dez vezes maior de mortalidade prematura quando comparado com aqueles que dormiam entre sete a nove horas".

O melhor remédio para combater os seus problemas de sono: um estilo de vida saudável

Sabemos que um sono tranquilo é fundamental para o bem-estar, além de sabermos sensivelmente de quantas horas de sono precisamos todas as noites. Contudo, se se encontrar a lutar para ter um pouco de descanso mais do que merecido, o que é que pode fazer quanto a isso?

Partindo do princípio de que não tem quaisquer perturbações de saúde subjacentes, a recomendação mais comum para um sono de melhor qualidade é um estilo de vida saudável e equilibrado! E não, não estamos a falar de caminhadas de 5 quilómetros, de passar horas no ginásio ou de uma dieta de sementes e legumes. Ao invés, as alterações mais simples podem melhorar dramaticamente a sua qualidade de sono.

Os hábitos que se sabem melhorar a qualidade do sono incluem:

• Exercício ligeiro (sensivelmente 30 minutos por dia)
• Uma dieta equilibrada
• Ingestão limitada de cafeína após o meio-dia
• Exposição reduzida a aparelhos elétricos, pelo menos uma hora antes de deitar-se
• Horário de dormir e de acordar consistente
• Quarto insonorizado e capaz de bloquear a luz (o máximo possível)
• Suplementos (melatonina, valeriana e magnésio)
• Uma cama confortável!

Nem sempre é possível manter todos estes hábitos, todos os dias. A chave, contudo, é focar-se naqueles que terão o impacto mais significativo. Caso veja regularmente séries de TV noite dentro, limitar a sua exposição antes de deitar-se fará uma diferença dramática na sua qualidade de sono. Se trabalha por turnos, um padrão de sono consistente pode não ser algo atingível, mas ainda pode assegurar-se que de o ambiente é o mais hospitaleiro possível (ruído e exposição luminosa limitados).

O que precisa saber sobre o CBD e o sono

Os suplementos são um remédio popular para os problemas de sono. Estes são fáceis de ingerir e podem adequar-se inclusive às agendas mais repletas. A categoria de suplementos também inclui o nosso canabinoide favorito — CBD. Muito ao género da melatonina, valeriana e magnésio, tudo indica que o CBD não melhorará diretamente a qualidade do sono — pelo menos por si só. Ainda assim, englobado numa abordagem equilibrada, este poderá comprovar ser um aliado poderoso na sua busca por uma melhor noite de sono.

Um mecanismo que associa todos os nossos sistemas biológicos — incluindo aqueles diretamente envolvidos no sono — é o sistema endocanabinoide. Felizmente para nós, o CBD desempenha um papel crucial na modulação do SEC, dos seus recetores e na eficiência geral.

Vários estudos pré-clínicos sugerem que pode haver uma ligação entre a ingestão de CBD e o ciclo dormir-acordar do nosso corpo. Caso esteja a tentar lidar com os problemas de sono, uma das primeiras coisas que deve fazer é estabelecer um padrão de sono adequado (e consistente). O CBD não só poderá apoiar este desejo de equilíbrio, como também pode ajudar indiretamente com algumas das causas do sono de má qualidade que destacámos anteriormente.

Uma vida boa envolve sentir-se descansado

Não há como negar a importância de uma boa noite de sono e, na maioria das vezes, pequenas alterações ao estilo de vida são tudo o que é preciso para fazer com que o seu corpo volte a entrar nos eixos. No entanto, não prejudica ter um pouco de apoio de lado, e é exatamente aqui que o CBD poderá entrar na equação do sono.

Considerando a sua escassez de toxicidade e a sua sinergia natural com outros suplementos para dormir, tais como a melatonina, não há qualquer dúvida que este pode comprovar ser uma adição valiosa ao seu regime de bem-estar. Caso esteja farto de não dormir o suficiente, está na altura de dar à sua mente e ao seu corpo o descanso que ele merece. Para um ligeiro reforço, o CBD está aqui para ajudá-lo a alcançar esse estado de equilíbrio tão importante.

De que produto eu preciso?
As Seen On: