COMPRE 3, PAGUE 2 em todos os nossos produtos! Até 33% de desconto, use o código voucher CIBDOL3

Óleo de CBN

Menos conhecido, mas igualmente impactante, o óleo CBN, da Cibdol, é a resposta de alta qualidade para as suas necessidades de bem-estar. O cânhamo possui uma tremenda seleção de canabinoides 100% naturais, cada com a sua respetiva influência única. O CBN é um desses compostos naturais, que influencia a mente e o corpo de novas e excitantes formas.

Para proporcionar-lhe o potencial do CBN, a nossa equipa especializada trabalhou incansavelmente para isolar concentrações significativas. Apoiados por um espetro integral de canabinoides, os nossos óleos CBN proporcionam a experiência de bem-estar completa gota a gota.

Utilize a influência conferida pelo CBN para viver a vida ao máximo. Os fantásticos óleos CBN, da Cibdol, fazem com que seja ainda mais fácil do que possa pensar abraçar um estilo de vida ativo.

Ler mais

O que é o canabinol (CBN)?

O canabinol, também designado por CBN, é um composto orgânico que se encontra na Cannabis Sativa. Este pertence a uma família única de químicos designados por fitocanabinoides — uma família que se tornou conhecida pela sua vasta influência no corpo humano.

Ao isolar habilmente elevados níveis de CBN de cânhamo cultivado naturalmente, a Cibdol criou uma gama diversa de óleos CBN para apoiar a sua jornada de bem-estar.

O que são os canabinoides?

Tecnicamente, há vários diferentes tipos de canabinoides, com os dois mais notáveis a serem os fitocanabinoides e os endocanabinoides. Os primeiros encontram-se no interior de plantas como o cânhamo, Echinacea e chá-da-índia, enquanto a última existe inatamente no corpo dos humanos e outros animais. Na realidade, os endocanabinoides estão presentes no interior de todos os mamíferos — incluindo os animais de estimação!

É comum as pessoas utilizarem o termo "canabinoides" para se referirem à variedade localizada no interior das plantas, portanto, não se preocupe caso não veja o elemento "fito" presente na palavra. Além disso, embora a descoberta dos canabinoides seja, sem sombra de dúvidas, intrigante, estes não atuam sozinhos. O corpo humano evoluiu para tirar partido das alterações biológicas provocadas pelos canabinoides através de uma rede muito sofisticada de recetores.

Como funciona o sistema endocanabinoide?

No interior de cada um de nós há uma vasta rede reguladora designada por sistema endocanabinoide (SE). Associados a esta rede — em pontos chave — encontram-se os recetores canabinoides (CB1 e CB2). Quando um recetor deteta os canabinoides, estes dois interagem, levando instantaneamente à ocorrência de alterações a nível biológico. Estas interações decorrem em diversos pontos de todo o corpo humano, tais como:

• Cérebro
• Sistema digestivo
• Sistema imunitário
• Pele
• Sistema nervoso central e periférico

No entanto, nem todos os canabinoides interagem com cada um dos recetores em cada um dos locais. Pelo contrário, os recetores canabinoides operam utilizando um princípio de fechadura e respetiva chave. A não ser que a estrutura química de um canabinoide (a chave) corresponda à forma de um recetor (a fechadura), estes dois não interagirão. Devido a este mecanismo único, há todo um enorme espetro de canabinoides que poderá desempenhar um papel significativo no bem-estar, tudo graças às quase infinitas combinações de chaves e fechaduras.

Como se forma o CBN?

Embora o cânhamo contenha mais de 100 canabinoides diferentes, estes não existem todos ao mesmo tempo ou em quantidades iguais. À medida que a planta se desenvolve, esta cria vários canabinoides através da biossíntese, enquanto a descarboxilação e degradação dão azo a outros canabinoides.

É necessário um conhecimento aprofundado dos caminhos do canabinoide para isolar o CBN, porque este não deriva diretamente do percursor canabinoide CBGA. Ao invés, o CBN é o produto degradado do tetraidrocanabinol (THC).

No interior da espécie Cannabis Sativa, o THC surge primeiro como THCA, um composto ácido no estado bruto. O THCA degradar-se-á gradualmente no CBNA após a exposição prolongada à luz solar (UV) e ao ar. Contudo, uma vez degradado, o CBNA pode ser ativado através do calor (descarboxilação) para se remover a molécula de carbono extra e criarmos o CBN.

Como funciona o CBN?

Todos os canabinoides interagem com o corpo através do sistema endocanabinoide, e o CBN não é exceção. A principal função do SE é manter o equilíbrio entre as várias funções biológicas. Quando o corpo está num estado de equilíbrio, ou homeostático, este está melhor equipado para lidar com as doenças e perturbações.

Para monitorizar e promover um estado de equilíbrio, o SE depende dos recetores canabinoides (CB1/CB2). Estes recetores têm o poder de ativar dezenas de alterações subtis na memória, aprendizagem, digestão, metabolismo, termogénese, entre muitas outras. Todavia, conforme destacamos supra, o resultado depende da localização do recetor, do seu tipo e do canabinoide com o qual está a interagir.

O CBN demonstra uma fortíssima afinidade pelos recetores CB2, que se encontram principalmente presentes no sistema imunitário, e uma ligeira afinidade pelos recetores CB1, localizados principalmente no cérebro.

Quais são os efeitos do CBN?

A investigação sobre a potencial influência do CBN é contínua, com estudos a decorrer um pouco por todo o mundo. Uma vantagem significativa do CBN é que, apesar de estar associado ao THC, o canabinoide não produz efeitos secundários psicotrópicos.

As avaliações iniciais sobre o canabinoide sugerem que a interação do CBN com os recetores CB1 e CB2 pode ter as seguintes influências:

• Estimular o apetite
• Promover uma função saudável do sono
• Ativar o sistema imunitário
• Proteger contra os sintomas de envelhecimento

Deveria utilizar o óleo CBN para a sua condição?

A compreensão científica do CBD ainda está nos primórdios da sua fase evolutiva. Apesar dos resultados encorajadores dos estudos pré-clínicos, os efeitos a longo prazo em pacientes humanos ainda permanecem desconhecidos. Embora o canabinoide demonstre uma interação positiva com o sistema endocanabinoide, a extensão da sua interação permanece sob avaliação.

Devido à investigação inconclusiva, não podemos efetuar quaisquer reivindicações sobre o potencial do CBN para tratar condições específicas. Assim sendo, o óleo CBN, da Cibdol, não se destina a ser um substituto de qualquer forma de medicamento.

CBN e CBD: qual é a diferença?

Embora tanto o CBN como o canabidiol (CBD) sejam compostos não-tóxicos do cânhamo, estes não interagem da mesma forma com o sistema endocanabinoide.

O CBD é o canabinoide mais abundante encontrado no cânhamo, mas este não se liga diretamente com os recetores canabinoides como o CBN o faz. Em vez disso, este funciona como um reforço da eficiência do SE, trabalhando nos bastidores para encorajar a produção de enzimas benéficas e endocanabinoides.

O CBN é um antagonista direto dos recetores canabinoides, e a sua concentração dentro do cânhamo é significativamente mais reduzida do que a do CBD. Este deve ser cuidadosamente isolado e concentrado utilizando equipamento topo de gama. Felizmente, e apesar das suas diferenças, os dois canabinoides estabelecem uma sinergia excecionalmente boa um com o outro, e ambos beneficiam de um perfil de efeitos não-psicotrópicos. Com a sua influência combinada, é possível influenciar o bem-estar em inúmeras frentes.

Qual é a melhor forma de tomar o  CBN?

Não há uma abordagem mais recomendada do que outra quando se trata de tomar o CBN. O CBN é disponibilizado em óleos, cosméticos, tópicos, entre outros, tornando-o fácil de incluir na sua rotina diária conforme achar mais conveniente.

Independentemente de como pretende utilizar o CBN, deve assegurar-se sempre de que o produto foi independentemente analisado. A Cibdol orgulha-se da transparência dos seus produtos, fornecendo uma análise detalhada do conteúdo de cada lote de óleo CBN.

O que é o óleo  CBN?

O óleo CBN é uma combinação refinada, filtrada e purificada de canabinol (juntamente com CBD) e óleos como o azeite, óleo de cânhamo e MCT. Uma vez isolado, o canabinoide é cuidadosamente acrescentado a um óleo transportador por dois motivos.

Primeiro, o óleo transportador melhora a taxa de absorção do CBN. Os canabinoides são naturalmente hidrofóbicos (o que significa que repelem a água) e, sem um óleo, nem todo o CBN alcançaria a área alvo após o seu consumo.

Em segundo lugar, os óleos transportadores fornecem uma série de benefícios secundários, trabalhando lado-a-lado com a influência do CBN. O óleo de cânhamo, por exemplo, está repleto de antioxidantes, proteínas vegetais e ácidos gordos ómega, enquanto o azeite é uma fonte rica de gorduras monoinsaturadas e o óleo MCT contém triglicerídeos de cadeia média — uma fonte eficiente de energia.

Como se utiliza o óleo CBN?

Cada frasco de óleo CBN inclui um conta-gotas. Com este, pode colocar várias gotas de CBN tanto sob como sobre a língua. O CBN consumido oralmente tem uma duração mais prolongada, mas só reparará nos efeitos decorridos 40–60 minutos após administrá-lo. O óleo CBN doseado sob a língua (sublingualmente) fornece um impacto mais substancial e um início mais rápido, mas em compensação tem uma duração geral mais curta.

A diferença nos efeitos deriva da forma como o CBN é absorvido. Consumido oralmente, o composto tem de lidar com o sistema digestivo antes de passar para o fígado e, de seguida, para a corrente sanguínea. O consumo sublingual contorna o sistema digestivo, entrando diretamente na corrente sanguínea através de pequeníssimas capilaridades situadas sob a língua.

Também pode experimentar acrescentar algumas gotas de óleo CBN aos alimentos ou bebidas caso o paladar lhe desagrade. É importante lembrar-se de que não há nenhum método de consumo que possa ser considerado como sendo superior a outro. Pelo contrário, deve optar pela abordagem que se adequa melhor às suas necessidades.

Que óleo CBN deve escolher?

Os óleos CBN, da Cibdol, são disponibilizados numa gama de concentrações, fornecendo assim uma ampla escolha aos consumidores. Os nossos óleos de baixa concentração (2,5%) são ideais para indivíduos que estão a dar os primeiros passos com o óleo CBN, ou para os que preferem optar por uma dose suave no apoio ao seu bem-estar diário. O nosso óleo 5% CBN é moderadamente concentrado, e adequa-se a consumidores que já tenham experiência com os efeitos do CBN.

A Cibdol fortifica os seus óleos CBN com CBD de padrão dourado para usufruir de uma influência abrangente. Encontrará os detalhes exatos de cada óleo CBN, e o correspondente rácio de CBN:CBD, na respetiva página do produto.

Quanto tempo dura o efeito do óleo CBN?

Conforme destacámos supra, os efeitos do óleo CBN dependem da concentração do óleo e do método de consumo. Como exemplo, os efeitos de uma concentração maior de óleo consumido oralmente podem durar até cinco horas. Ainda assim, é importante lembrar-se de que os tempos variarão consoante fatores como:

• Metabolismo
• Gordura corporal
• Concentração de CBN
• Ingestão com ou sem alimentos

Inicialmente, deve considerar tomar o óleo CBN em intervalos regulares ao longo do dia (até três vezes por dia) até ficar habituado aos seus efeitos. Assim que estiver familiarizado com a influência do CBN, pode aumentar ou diminuir a dose e frequência de consumo conforme lhe convier.

Lembre-se também de que a meia-vida dos canabinoides (o tempo que perduram no corpo) é relativamente curta. Portanto, se estiver a tentar fazer face a uma condição em particular, deve tomar o óleo CBN nos intervalos que lhe fornecerão o maior impacto.

Pode combinar os óleos CBN?

Sim, pode! Combinar óleos CBN ou misturar óleos CBN com outros produtos infundidos em canabinoides é algo inteiramente factível. No entanto, para tirar o máximo partido da experiência, recomendamos que mantenha um registo diário da sua ingestão de canabinoides.

Pode não estar a utilizar o mesmo tipo de produto, pelo que manter um registo do número de gotas, por exemplo, não o vai ajudar a monitorizar a sua ingestão. Ao invés, consulte a página da Cibdol relativa ao produto e, no separador "informação", encontrará os detalhes do conteúdo canabinoide em miligramas.

Enquanto consome o CBN, tome nota do total diário em mg. Assim, quando quiser otimizar a sua experiência, terá uma dose precisa e concreta para utilizar como linha de partida.

Quando combina diferentes produtos de canabinol pela primeira vez, mantenha-se fiel ao seu total diário durante vários dias para ajustar e monitorizar os efeitos.

Como é que a Cibdol produz o óleo CBN

A extração do CBN requer um vasto e especializado conhecimento, além de instalações topo de gama. A Cibdol utiliza o vasto equipamento da empresa para produzir óleos CBN com um nível de padronização, pureza e segurança sem precedentes na indústria.

Partindo do cânhamo naturalmente cultivado, a Cibdol assegura que todo o material em estado bruto da planta se encontra livre de quaisquer aditivos artificiais, químicos, metais pesados e OGMs. As flores de cânhamo são manualmente analisadas para detetar quaisquer objetos estranhos, antes de serem trituradas num pó fino. Esse pó passa pela altamente sofisticada extração com CO₂, um processo que isola os canabinoides pretendidos sem danificar a sua integridade.

O extrato de cânhamo é então descarboxilizado, destilado e filtrado para produzir extratos de CBN com uma qualidade e pureza fantásticas. Uma vez misturados com o óleo transportador indicado, cada lote de extrato CBN é independentemente testado por um laboratório externo. Posteriormente, os resultados são publicados na página "Análise de CBD" no website da Cibdol, para que os consumidores possam verificar a segurança e conteúdo de todos os nossos produtos à base de CBN.

Porque é que a cibdol utiliza a extração com co₂ supercrítico para produzir o óleo CBN

Embora seja possível extrair o CBN do cânhamo recorrendo a vários métodos, a extração com CO₂ supercrítico é, de longe, muito superior:

• Consegue isolar compostos específicos
• O CO₂ é um produto seguro e natural
• Não danifica os canabinoides, terpenos ou flavonoides
• Extensivamente utilizada nas indústrias alimentares e de produtos de beleza

A única verdadeira desvantagem da extração com CO₂ supercrítico é o custo das máquinas — esta não pode ser realizada em casa, dado que o equipamento é altamente especializado.

O laboratório suíço da Cibdol utiliza a extração com CO₂ supercrítico para produzir os mais puros e seguros produtos infundidos em canabinoides no mercado. O padrão do nosso óleo CBN não deixa a desejar em nada a nenhum outro no mercado, tudo graças ao rigoroso controlo de qualidade, equipamento de grau farmacêutico e uma abordagem topo de gama à ciência canabinoide.

Qual é a melhor forma de guardar o óleo CBN?

O óleo CBN é um produto perecível e deve ser corretamente guardado para manter a sua integridade e eficácia. O local ideal para guardar o óleo CBN é num frigorífico ou armário, afastado da exposição solar direta e das temperaturas flutuantes (sendo que ambas degradam a qualidade do CBN). Todos os frascos são impressos com um código de data e um número de lote únicos.

Se guardar o óleo CBN no frigorífico, agite bem o frasco antes de cada utilização. É natural que as temperaturas mais frias façam com que o óleo e o extrato de CBN se separem com o passar do tempo, mas isto não afeta a qualidade do produto.

O óleo CBN é seguro?

Devido à sua interação única com os recetores CB1 e CB2, o CBN não produz efeitos secundários psicotrópicos. No entanto, o CBN pode produzir efeitos secundários suaves, tais como:

• Dor de estômago
• Cansaço
• Diarreia
• Alterações no apetite

Se está a dar os primeiros passos nos óleos CBN, aconselhamos que comece por uma dose baixa e que o consuma uma ou duas vezes ao dia. À medida que se habitua aos seus efeitos, pode aumentar a dose gradualmente ao longo de 2–3 semanas, ou até atingir o resultado pretendido.

Na eventualidade de sentir quaisquer efeitos secundários indesejáveis, por favor deixe de tomá-lo de imediato. O CBN não permanece no corpo durante muito tempo, e quaisquer efeitos secundários devem passar decorridas algumas horas.

Caso não esteja certo quando ao impacto do CBN, ou se tiver alguma dúvida em particular sobre a sua adequabilidade, recomendamos vivamente que fale sobre as suas preocupações com o seu médico para receber aconselhamento específico relativo à sua situação.

Atualmente, o CBN não está listado na Convenção Única sobre Estupefacientes das Nações Unidas, nem na Convenção de Substâncias Psicotrópicas. No entanto, como o CBN pode ser considerado um análogo do THC, os regulamentos a nível local podem variar. Aconselhamos que consulte a legislação do seu respetivo país, enquanto também se assegura de que quaisquer produtos de CBN que adquire derivam exclusivamente do cânhamo.

O óleo CBN testará positivo num teste de despistagem de estupefacientes?

Os testes de estupefacientes realizados no âmbito da atividade laboral analisam uma série de substâncias, sendo uma dessas o THC. Estes testes não estão projetados para detetar o CBN, fazendo com que seja altamente improvável que o óleo CBN espolete um resultado positivo.

Contudo, devido às ligações do CBN com o THC, os extratos de cânhamo de qualidade inferior podem conter níveis de THC acima do limite de teste. É fundamental que todos os produtos de CBN provenham de produtores reputáveis e sejam acompanhados por análises independentes para minimizar a possibilidade de falhar um teste de despistagem de estupefacientes no âmbito da atividade laboral.

Porquê comprar óleo CBN da Cibdol?

A gama da Cibdol inclui óleo CBN em várias concentrações, cada um harmoniosamente emparelhado com CBD de padrão dourado. A tecnologia topo de gama e o nível de conhecimento inigualável na indústria asseguram que todos os óleos CBN da Cibdol são únicos na sua pureza e eficácia, além de conterem níveis negligenciáveis de THC.

Compre óleo CBN de alta qualidade online da Cibdol hoje mesmo, para sentir o reforço do bem-estar já amanhã!

De que produto eu preciso?
As Seen On: