Porque É Que Os Golfistas Tomam Óleo De CBD?

Published:

Esta não é a primeira vez que profissionais do desporto afirmam que o CBD é um apoio benéfico. Estrelas de futebol americano, basquetebol e até mesmo fisiculturistas estão lentamente a apoiar publicamente o canabinoide. O aumento no interesse pelos atletas profissionais não é uma coincidência. Em 2018, a World Anti-Doping Agency (WADA) removeu o CBD da sua lista de substâncias proibidas. Porém, o primo psicotrópico do CBD, o THC, ainda está banido das competições. Felizmente, o limite para testes de drogas para o THC significa que os atletas podem obter os benefícios dos óleos de CBD de espectro completo. Produtos de espectro completo beneficiam do efeito 'entourage', aumentando potencialmente o valor terapêutico do CBD.

Voltando para o campo de golfe, não só temos jogadores a demonstrar o seu apoio ao CBD, como as empresas líderes de CBD estão agora também a patrocinar grandes torneios. O golfista experiente Scorr McCarron fala **abertamente sobre a sua relação com o óleo de CBD, afirmando que ele melhorou o seu sono e bem-estar geral.

**abertamente - https://www.espn.com/golf/story/_/id/27147006/golf-not-secret-fascination-cbd-oil

"Experimentei-o cerca de duas semanas mais tarde quando fui para casa. Controlo o meu sono com um dispositivo chamado WHOOP. É um dispositivo de medição do sono e da tensão. Os atletas da Major League Baseball, da NFL e das Olimpíadas usam o dispositivo. Pela primeira vez nos cerca de dois anos em que usava o dispositivo, estava agora a tomar o óleo de CBD, comecei na segunda-feira e dormi no campo de golfe, o que é um sono fantástico, durante sete dias seguidos na primeira vez em que tomei este óleo de CBD à noite para me ajudar a dormir".

Scott também realça um tema importante - o tabu. Os preconceitos sobre a afiliação do CBD com a canábis levaram alguns atletas a ocultar ou a evitar inteiramente o canabinoide. A verdade é que o CBD extraído do cânhamo contém vestígios mínimos de THC, não causando assim os indesejados efeitos secundários. A abordagem cuidadosa não é sem razão, porém. Embora o CBD seja aceite pela PGA Champions Tour, as diretrizes oficiais da administração do torneio afirmam que o óleo de CBD é tomado por conta e risco do próprio jogador.

Repare que o mercado global de CBD ainda está desregulado na sua maioria, dando a efetiva possibilidade a empresas para produzirem óleos de qualidade inferior. A menos que os jogadores possam ter a certeza que o CBD consumido é produzido seguindo os padrões legais, eles correm algum risco de testar positivo para THC.

A boa notícia é que há empresas que produzem o CBD de forma responsável, levando a qualidade a sério e investindo em testes independentes de terceiros. Isto oferece alguma segurança aos atletas, muitos dos quais não abdicariam do óleo de CBD agora que começaram a tomar. O golfista e pai de duas crianças Bubba Watson é um dos jogadores mais proeminentes a não só usar CBD, como também a fazer parceria com uma empresa de CBD. Ele afirma que a sua decisão de tomar CBD foi "para conseguir dormir e cuidar bem do corpo".

Mesmo que não esteja no mesmo nível de Bubba ou Scott, a razão deles para tomar o CBD pode ecoar para outros golfistas em todo o mundo. A chave é escolher um produtor de CBD que possa testar os seus produtos, algo que a Cibdol se orgulha de fazer. Não só oferecemos testes independentes de todos os nossos óleos, como também estamos incrivelmente felizes por patrocinar a edição deste ano do Dutch Golf Open.

Embora ainda estejamos um pouco distantes de ver o CBD certificado como um produto licenciado no desporto profissional, os testemunhos de profissionais de renome do desporto valem o seu peso em ouro - óleo de CBD padrão ouro, claro está!

Registe-se e aproveite 10% de desconto na sua primeira compra

De que produto eu preciso?