O que é o Limoneno?

O limoneno é um terpeno que também é conhecido como ᴅ-limoneno e ʟ-limoneno. Os terpenos são compostos aromáticos localizados em centenas de alimentos e espécies de plantas (incluindo a Cannabis sativa). O ᴅ-limoneno é um dos terpenos mais comuns na natureza graças à sua prevalência nos óleos essenciais de frutos cítricos. Uma vez isolado, o limoneno é utilizado em perfumes, detergentes e como um agente aromatizante nos alimentos.

Aroma

O ᴅ-limoneno tem um aroma proeminente a laranja, enquanto o ʟ-limoneno fornece um aroma mais terebintinado e de pinho.

Também encontrado na:

Laranja, limão, tangerina, lima, toranja e zimbro.

Investigação de apoio

Apesar da relativa estabilidade química do limoneno, os estudos sobre os seus efeitos são limitados. Foi realizada uma série de estudos pré-clínicos que sugerem que o limoneno pode ter propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e cardioprotetoras.

O Departamento de Química Medicinal e Produtos Naturais em Israel conduziu um estudo in vitro recorrendo à utilização de óleo cítrico em 2006. Eles concluíram que uma "mistura de óleo cítrico e MgCl(2) poderia ser utilizada como antibacteriano natural e agente anti-inflamatório” (Mizrahi, Shapira, Domb, & Houri-Haddad, 2006).

Um segundo estudo _in vitro_, desta vez publicado pelo Journal of Oleo Science, descobriu que o limoneno inibia as citocinas pró-inflamatórias. Embora as citocinas pró-inflamatórias sejam uma parte necessária da resposta inflamatória do corpo, uma acumulação pode levar a casos de inflamação crónica. Os autores sugerem que “o ᴅ-limoneno pode ser considerado como um potencial candidato anti-inflamatório" (Yoon, Lee, & Hyun, 2010).

Após relatórios que mencionavam a influência do ᴅ-limoneno sobre a gordura retida pelo fígado, investigadores chineses examinaram o composto utilizando um modelo animal com obesidade induzida por uma dieta rica em gorduras. Estes concluíram que o limoneno pode ser útil como suplemento dietético, permitindo "melhorias nas perturbações metabólicas” (Jing et al., 2013).

Um artigo de 2018 publicado pela revista Experimental and Therapeutic Medicine observou o impacto do ᴅ-limoneno em "ratos espontaneamente hipertensos e propensos a enfartes” (SHRsp). Descobriu-se que o ᴅ-limoneno diminui a "pressão arterial sistólica dos ratos SHRsp após o enfarte” enquanto protege contra os danos de memória e cognitivos (Wang, Li, & Shen, 2017).

Segurança e efeitos secundários

O limoneno está aprovado como um aditivo alimentar e aromatizante seguro pela Food and Drug Administration desde 1994. Quando avaliaram a toxicidade do composto, descobriram que apresenta uma "toxicidade aguda relativamente baixa quando tomado oralmente”. O único efeito secundário reportado foi o risco de irritação cutânea após a utilização de champôs, gotas ou sprays com infusão de limoneno.

De que produto eu preciso?