O Que É O Pineno?

O Que É O Pineno?

O pineno é um dos terpenos mais comuns na espécie Cannabis sativa. Os terpenos são compostos encontrados em centenas de alimentos e plantas. O pineno tem dois isómeros estruturais com pequenas variações, alfa-pineno e beta-pineno, que surgem em coníferas e outras árvores florestais. O pineno faz parte das defesas naturais das plantas, repelindo insetos com o seu aroma distinto. Uma vez extraído e isolado, o pineno é também usado em perfumes e produtos de limpeza.

Aroma

O aroma do alfa-pineno é similar ao do pinho e do alecrim. O beta-pineno exala um cheiro similar ao do lúpulo e do manjericão.

Também encontrado em

Coníferas, laranjas, alecrim, endro e salsa.
O Que É O Pineno?

Pesquisas de apoio

Muitos dos estudos envolvendo o pineno foram feitos em animais, ou estão ainda em estágios pré-clínicos. O composto parece ter uma influência ampla, com os resultados a demonstrar possíveis capacidades antimicrobianas, anti-inflamatórias, antitumorais e de melhoria da memória.

Um estudo de 2007 do Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences testou a ação antimicrobiana do α-pineno e β-pineno. Contra bactérias gram-positivas, os dois componentes mostraram uma "total eliminação do inóculo da bactéria num período máximo de 24 horas após exposição". Os investigadores concluíram que o pineno tem um "uso racional e possível na terapia antimicrobiana" (Leite et al., 2007).

Com base em estudos prévios, um estudo no Journal of Natural Products procurou compreender melhor a ação anti-inflamatória do pineno. Quando comparado com outros componentes dentro do "núcleo pineno", o pineno foi o mais potente inibidor dos caminhos inflamatórios e catabólicos (Rufino et al., 2014).

Num estudo de 2006 publicado na Bioscience, Biotechnology, and Biochemistry, os investigadores extraíram pineno do abeto coreano para testar a performance cognitiva em ratos. Os ratos que receberam o óleo essencial mostraram uma melhoria de 72,7% na memória em comparação com o grupo de controle. Ambos os grupos foram testados usando amnésia induzida, que pode ser comparada ao impacto da demência vascular e do Alzheimer (Kim et al., 2006).

Um testes feito in vitro e in vivo mostrou que o α-pineno poderá ter propriedades antitumorais. O Journal of Pharmacological Sciences indicou que o crescimento das células do cancro do fígado foi inibida em até 79,3%. O estudo foi baseado em óleo de agulha de pinheiro, usado na medicina tradicional chinesa como um agente anti-cancro (Chen et al., 2015).

Segurança e efeitos secundários

Até ao momento, há poucas evidências que sugerem que o pineno produza qualquer efeito secundário adverso. Porém, os estudos estão ainda em andamento, e há muito ainda a aprender sobre os possíveis efeitos positivos e negativos dos terpenos no corpo humano.

De que produto eu preciso?
As Seen On: