O CBD Aumenta O Apetite?

Published:

O que é o CBD?

Derivado tradicionalmente do cânhamo, o CBD é um componente que interage com o nosso Sistema Endocanabinoide (SE) para ativar uma série de efeitos biológicos. Não é o único componente a fazê-lo. As plantas de canábis sativa contêm mais de cem canabinoides que podem causar diferentes reações quando detetados pelo sistema endocanabinoide dos nossos corpos.

A beleza dos canabinoides está no facto de muitos serem processados rapidamente pelo corpo e, no caso do CBD, têm uma toxicidade incrivelmente baixa e potenciais efeitos secundários muito limitados.

O CBD não causa fome

Tem-se especulado que o óleo de CBD pode aumentar a fome. No entanto, não é o óleo de CBD de espetro completo que tem esse efeito, mas sim o seu canabinoide primo, o THC. O CBD ajuda a promover um estado de equilíbrio dentro do SE através de uma gama de recetores e enzimas. O THC, por outro lado, tem uma atitude mais direta e mostra preferência pelos recetores CB1 localizados nas áreas do cérebro relacionadas com o humor e, mais importante, com o apetite.

É na interação entre o THC e os recetores CB1 que a canábis recebe os seus atributos indutores de fome. Isto não quer dizer que o CBD não tenha impacto no seu apetite de algum modo, mas isso é algo de que falaremos em breve.

O CBD de espetro completo pode fazê-lo sentir fome

A concentração de THC no óleo de CBD têm um papel direto na fome que os utilizadores vão sentir. Baixos níveis de THC podem desencadear o desejo de comer, se forem consumidas grandes quantidades de óleo de espetro completo. Se não deseja que o seu apetite aumente, então há alguns factores a ter em consideração.

O primeiro factor a considerar é que espécie foi usada como fonte do seu óleo de CBD de eleição. A canábis é naturalmente mais rica em THC, e qualquer óleo derivado da sub-espécie canábis provavelmente terá impacto no seu apetite, independentemente da cepa.

Porém, se o óleo de CBD foi extraído da planta de cânhamo, deverá conter apenas vestígios de THC. Na maioria dos casos, os óleos de CBD de espetro completo derivados do cânhamo terão um efeito insignificante no seu apetite, especialmente se estiver a tomar as doses recomendadas.

Se ainda está preocupado com o potencial impacto do THC, ou qualquer risco de aumento do apetite pode prejudicar os seus objetivos, então o óleo de CBD de espetro amplo é a melhor opção. Estes tipos de óleos retêm os componentes e terpenos benéficos, mas são completamente isentos de THC, mesmo em quantidades pequenas.

O CBD ajuda a manter a homeostase física e mental, portanto pode ter impacto no apetite

O apetite é um conceito sofisticado porque é único para cada indivíduo. Da mesma forma que a dor é subjetiva à pessoa que está sofrer, e nenhuma dor é sentida da mesma forma, os nossos apetites também diferem. Por isso, não é tão simples dizer se o CBD afeta ou não o apetite.

O papel principal do CBD é apoiar o equilíbrio ou um estado de homeostase pelo SE e fá-lo ao ter impacto nos processos mentais e físicos que ocorrem dentro do corpo. Se costuma comer mais quando está ansioso, ou deprimido, então a habilidade do CBD em aliviar potencialmente algumas destas condições poderá diminuir o seu apetite. Não porque teve um impacto direto na sua fome, mas porque reduziu o stress noutras áreas do corpo, para que ele possa voltar a um estado equilibrado e bem-nutrido.

O papel do CBD no nosso apetite não é simples, mas o que é importante é que ele tem uma participação e ela é excitante.

Concluindo

A forma como o seu corpo reage ao consumir CBD será diferente da de outra pessoa que tome a mesma dose. Lembre-se que estamos a lidar com seres vivos e não a fazer experiências controlados em laboratório. É claro que, ao longo do tempo, os atributos gerais vão ocorrer na maioria dos utilizadores. Haverá sempre, porém, uma leve diferença. Essas mesmas diferenças estendem-se a quão famintos ficamos durante o dia e ao nosso relacionamento com a comida.

O apetite é um fenómeno influenciado pelo nosso estado mental e físico. Nenhum mecanismo sozinho decide se estamos ou não com fome ou quanto vamos comer. Logicamente, a experiência diz-nos que o CBD não causa diretamente fome nas pessoas, mas indiretamente ele pode afetar o apetite. Até que se descubra mais sobre este componente versátil, é preciso mais tempo para definir exatamente de que forma o CBD poderá aumentar ou diminuir o nosso apetite.

Registe-se e aproveite 10% de desconto na sua primeira compra

De que produto eu preciso?
As Seen On: