Como incluir o CBD na sua rotina de cuidados com a pele?

CBD para cuidados com a pele

A nossa pele trabalha arduamente para nós. Sendo o maior órgão do nosso corpo, a pele é um organismo vivo e que respira, que faz um trabalho excelente a proteger-nos contra os corpos estranhos e infeções. Por conseguinte, faz todo o sentido que tratemos dela o melhor que conseguirmos. Tal como adaptamos as nossas dietas e comemos os alimentos corretos para mantermos os nossos sistemas digestivos satisfeitos, há imenso que podemos fazer para assegurarmos que a nossa pele tenha um aspeto e uma sensação revitalizada. Desde loções, cremes e hidratantes até tonificantes e limpadores, a lista é praticamente infindável.

As empresas de produtos de beleza começaram a trabalhar com o CBD em todos os tipos de diferentes cosméticos, desde loções corporais e champôs até cremes faciais e inclusive bombas de banho. Mas como é que pode incluir o CBD na sua rotina diária de cuidados com a pele? Com o CBD a tornar-se rapidamente um ingrediente proeminente na indústria dos produtos de beleza, nunca houve simplesmente uma melhor altura para inserir este canabinoide na sua rotina de cuidados com a pele. Mas como é que o pode fazer afinal?

CBD para cuidados com a pele

Tal como muitos de nós sabe, o CBD pode ter muitos efeitos sobre nós. Um uso popular prende-se com os possíveis efeitos de suavização e alívio da tensão que este oferece, com a maioria dos consumidores a tomar uma cápsula ou algumas gotas de óleo no âmbito da sua rotina diária. No entanto, como é que este canabinoide influencia um regime de cuidados com a pele, e quais são as suas vantagens? Certamente que não é obra do acaso o facto das empresas de produtos de beleza apresentarem cada vez mais o CBD como um ingrediente nos cremes e loções tópicas.

Quando ingere o CBD, o canabinoide interage com o sistema endocanabinoide (SEC) do nosso corpo, melhorando a eficiência vinculativa dos recetores e encorajando a produção de enzimas benéficas. A função do CBD é apoiar o SEC a manter o equilíbrio. Felizmente, o mesmo processo aplica-se à nossa pele. Mas ao invés de entrar na corrente sanguínea, o CBD exibe potencial eficácia a um nível mais celular, fornecendo um efeito localizado.

Embora a investigação por detrás do impacto do CBD para melhorar os cuidados com a pele ainda se encontra na sua infância, os estudos preliminares têm sido promissores, demonstrando potenciais ligações entre as duas áreas. Um estudo conduzido em 2007 pela School of Biomedical Sciences na Universidade de Nottingham visava tentar compreender a função que os recetores CB2 desempenhavam na proliferação dos queratinócitos. Os queratinócitos contabilizam mais de 90% das células na camada externa da nossa pele e são responsáveis por repelirem os fungos, vírus e a radiação solar. O problema, contudo, é que uma produção superativa de queratinócitos pode levar a doenças de pele desconfortáveis, tais como a psoríase.

Os resultados demonstraram que embora os recetores CB não desempenhassem um papel significativo na proliferação dos queratinócitos, os canabinoides fizeram-no.

Para mais informação sobre como o CBD interage com a pele, pode consultar o nosso artigo dedicado "Como é que o CBD Afeta a Pele”.

Não é um mero acaso o facto do CBD ter ascendido à ribalta. É óbvio que houve muitos outros ingredientes que foram utilizados no campo dos cuidados com a pele que foram louvados pelas suas capacidades, bem como a sua reputação de serem praticamente uma "cura milagrosa". No entanto, com o CBD, a abordagem e implementação foram algo que demorou algum tempo. Durante a maior parte do tempo, as plantas de canábis e os seus compostos foram associados a uma única coisa — ficar mocado. No entanto, esta é uma planta que tem muito mais para oferecer. Tal como a investigação demonstrou, as potenciais ligações entre o CBD e as suas propriedades suavizantes e antioxidantes tornam-o ideal e bem adequado para uma área como a dos cuidados com a pele. A investigação contínua sobre os cremes tópicos de CBD e as doenças dermatológicas constituem uma perspetiva excitante.

Mas não é apenas o consumidor médio que tentou tirar proveito do CBD pelos seus possíveis benefícios. Há inúmeros consumidores de alto perfil e celebridades que entraram na ação e utilizam o CBD no seu regime de cuidados com a pele. Defensoras como Whoopi Goldberg, Olivia Wilde, Jennifer Aniston e Kristen Bell falaram todas abertamente sobre os potenciais efeitos que o CBD teve nas suas peles. Estes testemunhos por si só foram suficientes para reforçar a popularidade e suscitar a consciência sobre a utilização do CBD. Para muitos consumidores, ouvir dizer que a sua celebridade favorita apoia um produto é certamente o suficiente para que estes o investiguem por si. Juntamente com a investigação científica e os estudos promissores e contínuos, não é de admirar que o CBD se tenha tornado tão popular.

O que é que o CBD pode acrescentar à indústria de cuidados com a pele?

Como é óbvio, os testemunhos das celebridades (por mais apelativos que possam ser) valem o que valem. Os consumidores precisarão de ver os resultados eles mesmos antes de saberem se o CBD foi eficaz nas suas necessidades particulares. Embora seja uma afirmação geral, cada consumidor de CBD terá a sua respetiva perceção e experiência quando utiliza o canabinoide. Alguns sentirão imediatamente o potencial impacto, enquanto outros podem não observar quaisquer diferenças discerníveis. No entanto, um estudo de 2018 intitulado “Canabinoides na Dermatologia” sugere que o alcance dos produtos de beleza e de cuidados com a pele infundidos em CBD pode estender-se a dezenas de doenças da pele.

A investigação científica extensa e contínua levou a que o CBD, entre outros canabinoides, encontrassem o seu caminho até chegarem às loções corporais, sabonetes, cremes hidratantes e a todo um conjunto de outros produtos de beleza. Para as empresas de produtos de beleza, é o investimento nos potenciais efeitos sinergéticos que lhes suscita maior interesse. A maioria dos ingredientes incluídos nos produtos de cuidados com a pele normais já se centram na suavização, melhoria e preservação; a adição do CBD é vista como algo que não atuará apenas de forma independente, mas que também funcionaria com estes outros ingredientes para se tornarem superiores à soma das suas partes.

CBD e produtos de cuidados com a pele

CBD e produtos de cuidados com a pele

Quando se trata de escolher o produto de cuidados com a pele correto para si, é importante observar que a indústria dos produtos de beleza no geral prospera e depende fortemente do marketing. Como é óbvio, há um corpo maciço de investigação sobre o CBD que demonstra que este pode fornecer algumas potenciais propriedades benéficas para a saúde da pele. Também vale a pena notar que nem todos os produtos de CBD são criados da mesma forma. A sua farmácia local pode não oferecer o conteúdo de CBD da melhor das qualidades. Enquanto aqui, na Cibdol, recomendamos sempre que escolha produtos de CBD de empresas com reputação ao invés de produtos de uma empresa que decidiu entrar recentemente na carruagem do CBD.

Certamente que vale a pena fazer algum trabalho de casa quando se trata desta parte — investigar como é que o CBD é extraído e tratado antes de investir o seu dinheiro. De preferência, quererá optar por produtos que utilizam métodos de extração limpos (tais como o CO₂). Além disso, os produtos que são provenientes de cânhamo organicamente cultivado certamente que assegurarão praticamente que está a obter o produto mais autêntico possível. Claro, quando se trata de produtos de cuidados com a pele, se já tiver uma preferência por um determinado produto, procure um creme infundido em CBD que tenha ingredientes similares.

Os cremes tópicos são simples de acrescentar numa rotina diária de cuidados com a pele, permitindo que o consumidor os aplique diretamente no seu corpo para usufruírem de um efeito mais localizado. Isto pode ser visto como a forma "alvo" de utilizar o CBD, reforçando um apoio diretamente onde fora aplicado.

No entanto, aqueles que procuram outros métodos de utilizar o CBD podem optar por ingerir óleos e cápsulas, que permitem que o canabinoide seja absorvido pelo corpo através da corrente sanguínea. Este é um método que é frequentemente favorecido por aqueles que tomam suplementos ou multivitaminas no âmbito duma rotina diária, podendo ser praticamente tidos como uma forma mais a longo prazo de tomar o CBD para reforçar a pele e os sistemas que a apoiam, dado que tem maior alcance no corpo, de forma mais consistente. Contudo, esta opção pode não ser tão eficaz se quiser focar-se numa área específica ou utilizar outros ingredientes frequentemente incluídos nos cremes para a pele.

Se quiser levar o CBD a sério, equilibrar ambos os métodos pode revelar-se um excelente regime, que não só ajuda a cuidar da pele como também vai mais além desta.

CBD tópicos

A categoria dos tópicos é vasta e inclui cremes, unguentos, loções, óleos e bálsamos. Quando o CBD é aplicado localmente, este é absorvido pela pele, permitindo-lhe interagir com o SEC onde é localmente aplicado. Ao atuarem desta forma, os tópicos de CBD têm o potencial de revitalizar e reduzir a secura ou a sensibilidade. A investigação também demonstrou a possível ligação entre os cremes de CBD e como estes podem apoiar aqueles que têm doenças de pele como o eczema, psoríase e acne.

Porque deve optar pelos cremes de CBD lipossomais?

Amplamente utilizados em toda a indústria farmacêutica e cada vez mais nas formulações de suplementos, os lipossomas alteram a forma como os ingredientes são transportados dentro do corpo. Nas fórmulas não lipossomais, os ingredientes ativos têm de batalhar arduamente para penetrarem profundamente na pele, não conseguindo frequentemente alcançar as células ou vasos sanguíneos na sua forma plena. No entanto, os suplementos lipossomais preservam os ingredientes intactos e conseguem atravessar a pele com maior facilidade, até se encontrarem prontos para serem utilizados. O resultado é um creme que transporta os ingredientes ativos mais profundamente na pele, que permite um metabolismo mais lento e, graças ao seu método de transporte totalmente natural, são necessárias menos aplicações para tirar o máximo partido dos cremes lipossomais. Os produtos da Cibdol que contêm a presença de lipossomas incluem o Zemadol e o Soridol. Ambos os cremes estão orientados para o potencial alívio daqueles que têm doenças dermatológicas. Como é óbvio, aqueles que não têm doenças dermatológicas, o creme lipossomal pode ser um exagero, dado que o cuidado e melhoria gerais não precisam necessariamente deste tipo de cremes.

Como escolher os melhores produtos de CBD para incluir na sua rotina de cuidados com a pele

Há várias áreas a considerar antes de tomar esta decisão, muitas das quais refletirão circunstâncias relativas ao estilo de vida, bem como pessoais. Aqueles que procuram ajuda para as doenças da pele podem desejar procurar um creme de CBD que potencialmente os ajude nessa área, fornecendo alívio. No entanto, aqueles que procuram um produto de cuidados com a pele para uso diário geral podem optar por um creme de mãos tópico de CBD que lhes permitirá aceder aos possíveis benefícios.

A escolha resume-se realmente ao consumidor. Para disporem de uma solução mais prospetiva, a longo prazo, os clientes podem querer analisar bem os óleos e cápsulas além dos cremes tópicos e lipossomais. Aqui, na Cibdol, esforçamo-nos para servirmos todas as necessidades e requisitos dos clientes. O nosso CBD habilmente extraído foi implementado numa variedade de cremes, entre outros produtos. Todos estes fornecem CBD da melhor das qualidades, sem quaisquer químicos ou ingredientes indesejáveis. Consulte toda a nossa gama para encontrar um produto que adequar-se-á certamente às suas necessidades.

De que produto eu preciso?
As Seen On: