Posso Tomar CBD E Beber Álcool?

Se consome CBD regularmente, especialmente por razões terapêuticas, pode ter dúvidas sobre se é seguro misturar com álcool. A resposta rápida é sim. Porém, a resposta mais longa é complexa.

Embora os estudos sobre o consumo de álcool e CBD sejam esparsos, os investigadores acreditam que as duas substâncias definitivamente interagem. Além disso, alguns especialistas acreditam que, por causa do efeito sedativo de ambas as substâncias, elas podem amplificar-se, tornando a experiência mais intensa.

É seguro consumir CBD e álcool ao mesmo tempo?

Se pretender sair para beber uns copos no fim de semana, posso tomar o meu CBD diário na mesma? De acordo com um estudo médico, tomar CBD sob a influência do álcool parece oferecer riscos limitados.

Um estudo de 1979 publicado no Journal of Psychopharmacology notou poucas diferenças entre cobaias que receberam álcool e CBD, e cobaias que receberam apenas álcool. O estudo descobriu que ambos os grupos "demonstraram uma redução significativa da performance motora e psicomotora" e "superestimação do tempo". Por outras palavras, ambos os grupos pareceram inibidos e prejudicados de igual forma.

Porém, uma diferença foi aparente quando os investigadores verificaram mais de perto as amostras de sangue de ambos os grupos. Apesar dos níveis semelhantes de redução da performance psicomotora, o grupo que recebeu ambas as substâncias tinha níveis menores de álcool no sangue.

Embora o CBD possa diminuir o nível de álcool no sangue, ele não torna seguro o consumo de mais álcool ou a condução de qualquer veículo ou máquina sob a influência do álcool. Como notado no estudo, o álcool terá o mesmo efeito, se não mais, ao consumi-lo juntamente com o CBD. O canabidiol não mitiga os efeitos secundários negativos ou as consequências do consumo de álcool.

O que acontece ao misturar álcool com CBD?

Como tanto a canábis como o álcool são depressivos, os efeitos relaxantes de ambas as substâncias são geralmente intensificados quando consumidas em conjunto. Embora o CBD não altere a mente, os seus efeitos sedativos subtis misturam-se com o álcool de uma forma que pode amplificá-los.

De uma forma geral, pode esperar obter efeitos mais intensos do álcool se consumido 4-8 horas após a ingestão de CBD. Permitir a interação do CBD e do álcool resultará numa maior perda de inibição, de controlo e de coordenação motora. De uma forma simples, os efeitos de ambas as substâncias serão intensificados se consumidas juntas.

O CBD poderia mitigar os danos causados pelo álcool?

Num registo ligeiramente diferente, os investigadores acreditam que o CBD pode ajudar a mitigar alguns dos danos causados pelo álcool no corpo. Estudos em animais mostram que o CBD oferece proteção contra danos no fígado e no sistema nervoso.

Um estudo de 2014 publicado no Journal of Free Radical Biology & Medicine estudou os efeitos do CBD na esteatose hepática induzida pelo álcool, também conhecida como doença do fígado gorduroso, em ratos. Os investigadores descobriram que o CBD pode prevenir danos agudos causados pelo álcool no fígado, potencialmente devido à sua capacidade de prevenir o aumento do stress oxidativo e a diminuição na autofagia tipicamente causados pelo álcool.

Além disso, os investigadores acreditam que o CBD possa ajudar com o alcoolismo e a Desordem de Uso Alcoólico (DUA). Uma revisão de 2019 em estudos animais e humanos descobriu que o CBD conseguiu reduzir o "comportamento compulsivo de busca pelo álcool". A administração de CBD também resultou numa diminuição de "convulsões relacionadas com a abstinência" e numa melhoria na habilidade de atrasar a recompensa. Parece que o CBD pode diminuir os desencadeadores físicos e mentais da compulsão e recaída pelo álcool.

CBD e álcool - é complicado

Pelo que sabemos até agora, parece que misturar CBD e álcool tem o potencial de aumentar os efeitos caraterísticos de ambos. Posto isto, o CBD começou a aparecer misturado em muitas linhas de bebidas alcoólicas, especialmente cervejas, e está a ser apreciado em mercados como o norte-americano. Como as pesquisas ainda precisam de explorar melhor a relação entre diferentes doses de CBD e álcool, não sugerimos o seu uso combinado. Porém, se estiver interessado em saber mais sobre a mistura destas duas substâncias, comece por falar com o seu médico.

De que produto eu preciso?